Desistir

Quem é capaz de abrir mão daquilo que lhe é mais caro por segurança?

Quem é capaz de desistir da luta da glória para não sofrer?

Quem quer passar uma vida inteira sem se arriscar?

Se a vida lhes parece tão sagrada, não deveriam aproveitá-la ao máximo? Como podem ter tanto zelo para se conservarem incólumes se sequer aproveitam a vida?

Que receio é este que prezam tanto pelo qual abrem mão das dádivas mais prazerosas?

Por que cultuar o medo?

Eu digo aos que passam a vida mecanicamente sem tomar riscos e sem aproveitar: você não controla o acaso.

Um dia a insegurança poderá bater na sua porta do mesmo jeito! Só que a diferença é que não terá sido por algo que você quis e arriscou, mas por sua própria e inviolável inércia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Desistir

  1. Jose Luiz Aranha disse:

    Profundo isso! Gostei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s