Eliminação dos parasitas

Há tantas pessoas que estão por aí simplesmente vivendo a vida, pouco se importando com valores, como honra, trabalho e perseverança. Elas voam conforme o vento e parecem sinceramente felizes. Elas buscam um emprego estável. No início, não precisa ser brilhante, tampouco precisa pagar muito bem, precisa mesmo é de uma segurança para que não tenham dor de cabeça de ter que batalhar por um bom período. Só a palavra “batalhar” pode lhes ferir os ouvidos.  E que culpa carregam por terem nascido tão sensíveis assim? É claro que com o tempo essas pessoas vão querer também muito brilho e um cheque bem gordo. Afinal, se todos somos iguais, porque elas também não têm o direito de se darem bem na vida? Elas não estão lá trabalhando? Bem, podem não estar trabalhando no sentido literal da palavra, mas estão lá como todos os outros, não estão? O que elas podem fazer se há alguns que gostam tanto de responsabilidade e de trabalho e elas não gostam nem de um, nem de outro? Elas não podem fazer nada, a não ser aproveitar os “trabalhadores” que estão ali com tanta disposição a seu favor e, enquanto isso acontece, elas terão tempo de sobra para “mostrar serviço” para o seu chefe, para o público, para o mundo e para quem mais quiserem … O “serviço” em questão pode não ser seu, mas quem é que se importa hoje em dia?  É do time, não é?  Há motivos para culpar essas pessoas, mesmo se a única coisa que elas querem é viver bem a vida? Elas não querem prejudicar ninguém. Só querem mesmo é colocar o burro na sombra e aproveitar. Isso é tão mal assim?

É tão ruim saber que elas não deixarão nada de útil para a humanidade? Bem, elas são inúteis para o mundo, bem da verdade. Mas isso é tão ruim? Elas são importantes para sua família que amam esses adoráveis bon vivant, quem não os adora, afinal? Estão sempre se divertindo, com tempo de sobra para conversas sem fim. E de qualquer forma, quem é que deixa alguma coisa proveitosa hoje em dia? Quem é que tem tempo para se preocupar com essas coisas? A era dos grandes valores, das grandes descobertas já passou há muito tempo. Hoje as pessoas só têm tempo para correr contra o relógio, você sabe muito bem, por causa do trânsito, dos e-mails inúteis, das reuniões mais inúteis ainda e da televisão, é claro, afinal ninguém é de ferro. O que há de tão ruim em viverem de acordo com o nosso sistema atual, com os valores que hoje se preza tanto? Como é possível lutar contra o sistema? Por quê elas devem viver de uma forma honrada se ninguém mais vive? Por que devem procurar ter caráter em um mundo lotado de oportunistas que recebem a melhor? É tão ruim ter seus valores maleáveis e mutáveis, conforme a necessidade, afinal qual é o problema de dar um jeitinho (aquele jeitinho que conhecemos tão bem) para ficar bem na fita ou para fazer um favor para alguém que pode ser importante no futuro? Isso não é ser político? Não dizem que é importante você ser político? Então, qual é o problema? Ora, há pessoas que só sobrevivem de marketing pessoal, mal trabalham? O que há de mal nisso? Elas não são políticas? Não são elas que o mundo valoriza? Não são elas que o mundo quer? Não são elas que estão certas? Não somos nós que estamos errados, afinal, temos valores tão corretos e rígidos, talvez em desuso? O que há de mal em não ser tão radical assim, em ficar em cima do muro e pender para um lado ou para outro conforme a situação?

Pois eu lhes digo o que há de mal, melhor que isso, eu provo para vocês o que há de mal. O mundo gira, prédios são construídos,  descobertas são feitas e melhorias conquistadas porque há quem trabalhe nesse mundo. Há pessoas que sabem da importância de seu trabalho e de seu talento e que querem contribuir para o mundo. Elas estão ali, focadas em seu próprio trabalho, fazendo uma imensa diferença no nosso dia a dia. São elas as responsáveis por tantas maravilhas que existem hoje em dia. Apesar de toda correria que existe, elas conseguiram um tempo para superar o trânsito, os milhões de e-mails e reuniões e contribuir para o mundo, simplesmente porque elas reconhecem a importância de um bom trabalho e se esmeram para serem sempre melhores, porque acham que isso seja importante. Pois o que o mundo faria sem essas pessoas especiais? Essas pessoas que se dedicam para fazer a diferença?  NADA!!! E eu afirmo isso com absoluta segurança. Se o mundo dependesse dos políticos fanfarrões ou dos marketeiros de plantão nada sairia do papel e estaríamos certamente muitos séculos atrasados e não teríamos o colorido que torna nossa vida especial. Aquele chocolate maravilhoso que você adora, só existe porque existiu alguém no mundo que quis fazer o melhor chocolate.

Portanto, eu lhes digo… muito cuidado com aquele seu colega caxias, trate-o bem, muito bem, ele pode não realizar agora que carrega um peso enorme nas costas, maior ainda por conta dos parasitas que se aproveitam dele, mas ele pode realizar cedo ou tarde que o mundo depende de pessoas como ele, ele pode compreender a colossal importância de seu valor e, então, ele certamente se rebelará e não deixará que os parasitas continuem a sugar do seu talento e do seu trabalho.

Eu torço para que chegue logo o dia que nossos queridos e talentosos caxias reconheçam seu próprio valor e se rebelem totalmente contra todos os parasitas. Pois se todas as pessoas de valor fizessem isso não teríamos o mundo tal como ele é hoje, os políticos não estariam aí enchendo seus bolsos ou até mesmo a cueca em plena luz do dia, não teríamos pessoas aproveitadoras como chefes, que recebem promoção atrás de promoção sem merecimento, aliás todos os parasitas aproveitadores seriam desprezados e teriam o que há muito merecem, mas ainda não lhes foi feito, que é ser-lhes negado qualquer tipo de sucção, qualquer tipo de favor, qualquer tipo de “ajuda”. Eles teriam que trabalhar e, como nada sabem fazer de útil para a humanidade, teriam o trabalho que sempre mereceram.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s