Contemplando a morte

Sempre gosto de falar sobre a dimensão que a morte nos dá. Não que eu seja um ser deprimente ou mórbido. Longe disso. Eu amo a vida. Mas é que a morte faz com que nos lembremos do que realmente é importante na vida. Se você fosse morrer daqui a alguns meses. Ok. Eu te dou mais tempo. Se você tivesse a certeza absoluta que morreria daqui a um ano, o que você faria com sua vida? Viveria sua vida tal como hoje? Arriscaria mais, quem sabe, em algum sonho empoeirado de alguma antiga gaveta? Partiria para outra? Romperia com coisas que o desagradam hoje na sua vida atual? As possibilidades são infinitas. Tudo depende da sua vontade. E se eu te dissesse que você deveria agir como se fosse morrer em breve, pois a morte nos dá a real dimensão do que verdadeiramente importa, do que realmente vale a pena. Eu lhes afirmo com convicção: todo o resto é BULLSHIT!!!  Aproveite seu tempo precioso e satisfaça sua vontade. Nunca te falaram nada, mas esse também é o segredo da felicidade.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s