Sentindo na pele…Nunca imaginei que aconteceria comigo…

Todo mundo avisa, mas nunca acreditamos, no fundo, no fundo, não acreditamos. Pensamos: É exagero! É por isso que quando acontece com a gente, achamos, de verdade, que ninguém nunca passou por isso, que nunca ninguém sofreu tanto, que conosco foi pior, bem pior, mas a verdade é que tem muita gente que sofre e não somos os únicos. Acredite! Nada como sentir na própria pele. Como diz o ditado: Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

A dor que sentimos, não é à toa, não é em vão. Quando você está sozinho e não tem ninguém ao seu lado, sim, porque eventualmente não haverá ninguém, afinal cada um precisa tomar conta da sua própria vida, nessa hora, se você estiver com dor, terá que olhar bem dentro de si e puxar aquela força, dependendo da dor terá que encontrar forças que nem imaginava carregar dentro de si.

Então, meu amigo, a verdade é que você tem duas alternativas. Você pode enaltecer sua dor, dizer que nunca houve dor igual, que não é possível suportá-la, que ela é maior que você, que é colossal, que é desumana, que não há força que pudesse impedi-la, que você está só e não tem alternativa a não ser sucumbir. Ou você pode rir da cara de sua dor, abrir um grande sorriso e dizer que você já suportou mais, que ela não é nada, é pequena, que há desgraças maiores na vida, que aquilo é refresco, sim, aquela pimenta ardendo no seu olho é puro refresco, que você gargalha da sua desgraça, pois ela é insignificante, que você pode aguentar mais, muito mais, que você tem uma força colossal e não precisa de ninguém para lembrá-lo disso, sabe que são seus dois pés que sempre sustentaram seu corpo. Se agir da primeira forma, você já se entregou à derrota, você já deu todos os pontos que a dor precisava para vencê-lo e acredite ela te vencerá. Se agir da segunda forma, você vencerá e não sairá sequer abatido.

Mais uma vez eu digo, ser vítima do mundo não ajuda a ninguém, principalmente não ajuda você. Liberte-se para sofrer e evoluir.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s