Um pouco de Maquiavel…

A um príncipe, portanto, não é necessário que de fato possua todas as sobreditas qualidades; é necessário, porém, e muito, que ele pareça possui-las. Antes, ouso dizer que, possuindo-as e praticando-as sempre, elas redundam em prejuízo para si, ao passo que, simplesmente dando a impressão de possuí-las, as mesmas mostram toda a sua utilidade. Da mesma forma, tu, conquanto aparentes ser o que és – piedoso, fiel, humano, íntegro e religioso -, deves estar preparado e apto para, em caso de necessidade, demudar-te no teu contrário. E há que compreender-se que um príncipe, e máxime um novo príncipe, não poderá observar todas todas aquelas condições pelas quais os homens são tidos por bons, porquanto frequentemente, para conservar-se no poder, terá de agir contra a sua palavra e contra os preceitos de caridade, contra os de humanidade e contra os de religião. Por isso, será preciso que ele possua uma natural disposição para transmudar-se segundo o exijam os cambiantes ventos da fortuna e das circunstâncias, e, como eu dizia acima, que, havendo a possibilidade, ele não se aparte do bem, mas que, havendo a necessidade, saiba valer-se do mal.
Deve-se, portanto, o príncipe tomar todo o cuidado para que da sua boca não saiam palavras que não estejam perfeitamente coadunadas com as cinco sobreditas qualidades e para parecer, aos que veem e ouvem, de todo misericordioso, sincero, de todo íntegro, humanitário , de todo religioso. Nada, aliás, se faz mais indispensável do que passar a impressão de possuir esta última qualidade. Os homens, in universali, mais julgam pela visão que pelo tato, uma vez que todos podem facilmente ver; somente uns poucos sentir. Cada qual vê o que pareces ser; poucos têm o sentimento daquilo que de fato és. (O Príncipe – Maquiavel)

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Um pouco de Maquiavel…

  1. Esse livro eu li praticamente obrigada, não conseguia me envolver pela leitura e muito menos pelo autor, mas… na faculdade eu tive que ler novamente e foi aí que consegui entender as entrelinhas, e claro, hoje eu amo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s