Isolamento forçado

Como parecer idiota se uma inteligência forte habita dentro de mim? Como participar das conversas vazias e desinteressantes? Como tolerar a estupidez ululante que me cerca? Como contornar tantas pessoas sem parecer rude ou ser hipócrita? A felicidade da ignorância abençoa quem a tem e amaldiçoa quem é incapaz de respirá-la. Asfixiada pelo mundo atual de culto a tudo que é estúpido, inibidor dos sentidos e superficial, eu me enclausuro no meu isolamento que temo em arrepios que seja perpétuo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s