Medo

E por que acreditamos no medo daquilo que não chegou e pode nunca chegar? Por que perder tanto tempo sofrendo simplesmente com hipóteses de um futuro? Por que não agimos aqui e agora? Qual é o poder do medo de te paralisar? Qual é o benefício da preocupação constante? Se já sabemos dos fatos e do que pode vir a ser por que pensar nisso obsessiva e repetidamente? Por que não decidir e enfrentar? Por quê?

Um pouco de medo e preocupação é cautela, preparar-se para o que pode vir a ser de alguma forma é prudente, mas a partir do momento que esse medo te controla, é ele que está no comando e não mais você. E sempre que o medo dita as regras da vida coisas tristes acontecem…você perde liberdade, vida e amor. Sobreviver nunca é melhor que viver. Prudência demais empalidece e vampiriza a energia vital. Vamos beber à vida plena! Afinal, mesmo cercada de desafios, a vida não pode deixar de ser aproveitada e brindada.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s