Quem és…

Na inocência de quem era eu me transformei em quem queria ser… Mergulhando na solidão, na luz e na escuridão de minha própria alma me salvei de mim mesma e encontrei os pedaços que faltavam. E inteira descobri o imenso poder que está em simplesmente ser…eu mesma.

Anúncios
Esse post foi publicado em Acordar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s