Arquivo do mês: maio 2015

Vampirizando-me

Às vezes me policio para só dizer verdades e percebo a ironia que existe em toda artificialidade que nos cerca. Se tenho falas prontas, todas infiéis aquilo que sinto, de que realmente importam, se todas as perguntas que escuto, de … Continuar lendo

Publicado em Acordar | Deixe um comentário

Saber olhar

Algumas vezes olhamos tristes de saudades para um passado que não existe e talvez ainda mais tristes para um futuro que pode nunca existir. E se parece cruel que a vida pode ser só tristeza, à noite a suavidade do … Continuar lendo

Publicado em Acordar | Deixe um comentário

Aprendendo a ouvir

Eu presencio discussões eternas na minha cabeça, acredito que vocês também. É curioso é que se houvesse sempre alguma coisa, alguma voz, querendo nos mostrar algo. Às vezes tudo que escutará dessa voz são opiniões de outras pessoas, pontos frágeis, … Continuar lendo

Publicado em Acordar | Deixe um comentário

Tornando quem você deveria ser

Tornando quem você deveria ser… (um texto inspirado na célebre frase de Nietzsche: Torna-te o que tu és) Às vezes parece impossível, muitas vezes assim nos parece porque não nos arriscamos aquele primeiro passo…Por que fazemos assim? Muitas vezes é … Continuar lendo

Publicado em Acordar | Deixe um comentário