Lentes escuras

Eu me surpreendo sempre o quanto podemos não enxergar aquilo que deveria ser óbvio para nós. Por que às vezes sem motivo escolhemos pensar na hipótese menos provável e talvez a que mais nos machuque apenas por uma tendência a acreditar naquilo que já é passado e não deveria importar mais? Por que não vemos a vida com menos filtros e resistências? Por que queremos acreditar no pior sobre nós e sobre o mundo? Por que não queremos enxergar as lindas cores que brilham diante de nós? Por que não nos perguntamos o por quê de nossas intenções e por que seguimos em frente mesmo quando não acreditamos que seja por algo que valha a pena ? Qual o por quê das nossas resistências? Quisera um mundo mais aberto e otimista. Tantas máscaras iriam cair, tantas falsas impressões, tantos tesouros poderiam ser descobertos, sorrisos sinceros, olhares de gratidão. Pode parecer simples demais, eu sei. Mas não deveria ser difícil seguir aquilo que se acredita, e só seguir em frente se a intenção for verdadeira, não só no papel, mas no coração. Não deveria ser difícil se abrir para o mundo, compreendendo o outro genuinamente e acreditar sempre na nossa eterna capacidade de recuperação sobre qualquer falha. A verdade, contudo, é que as lentes que muitas vezes usamos são escuras demais e só nos fazem tropeçar no caminho, mas nunca é tarde para tirar os óculos e ver o brilho do sol na sua máxima força e intensidade.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sonhar e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s