Fruto maduro

Nosso coração conhece a resposta daquilo que queremos. Mas não queremos assim… por querer apenas. Queremos para ontem. Queremos com fúria. Queremos de todo jeito. O sangue brilha nos olhos. Sentimos que temos força para derrubar quaisquer obstáculos que surgirem pelo caminho, sem importar o tamanho. Esse querer apaixonado é lindo, mas faz com que, por vezes, queremos buscar atalhos, acelerar, atropelar… E isso pode ser bom toda vez que se deparar com algum tipo de postergação burocrática inútil, mas é ruim toda vez que você quiser encurtar o processo de crescimento da semente. É preciso respeitar o processo, honrá-lo cumprindo todas etapas. Não é fácil de entender, mas o fruto para ser maduro e suculento precisa do seu tempo. Não tente arrancar de si frutos verdes. Tenha a paciência de esperar o momento certo. O sabor da fruta valerá cada segundo de espera.

Publicado em Sonhar | Marcado com | Deixe um comentário

Ser mãe

Ensinamos muito aos nossos filhos, mas o que aprendemos com eles não tem preço. Aprendemos o amor incondicional, aprendemos a rir dos nosso erros, e estamos sempre sorrindo de um jeito ou de outro pois eles são puros e lindos, com suas trapalhices, suas conquistas ou simplesmente seu jeito sincero de existir.
Mas há ainda mais… Eles despertam nosso melhor. Nosso amor mais completo, nossa compreensão sobre-humana, a criança que estava em nós adormecida e um ser tão incansável que às vezes nos sentimos, assim mesmo, um pouco super-heróis por tantas noites longas e dias completos de vida… Por tudo isso, sou agradecida na maior extensão das palavra “gratidão” e me sinto mesmo divina, afinal sou a mãe de dois anjos. Feliz dia das mães a todas aquelas que se doam infinita e ilimitadamente por puro amor! #Felizdiadasmães
Publicado em Sonhar | Marcado com | Deixe um comentário

Sendo quem sou

Tenho o corpo cansado, a mente embaralhada e as mãos calejadas, mas é por que trabalhei com minhas mãos e construí o que queria.
Tenho a pele manchada de sol porque estive ao ar livre participando da vida que acontecia.
Tenho marcas no rosto de tanto sorrir, não há marcas na testa pois sempre soube que as preocupações não resolvem o problema e o medo que sentimos pode nunca acontecer e ainda é ruim pois pode ser paralisante.
Não tenho um corpo perfeito mas é por que soube ser indulgente comigo mesma um pouco todos os dias
Tenho o olhar leve por que sigo a verdade que me habita e não nego quem sou.
Tenho um abraço pronto para todos aqueles que me são queridos
E as pernas sempre prontas para correr na areia da praia, olhando as estrelas.
Tenho sempre lágrimas nos olhos por que nunca tive medo de chorar e nunca endureci tanto a ponto de não acreditar que o bem habita todos nós de um jeito ou de outro.
Tenho as mãos vazias para poder entregar sempre àqueles que amo.
E tenho o coração aberto para receber a vida com toda sua potência
E tenho o silêncio do meu lado para calar as vozes do mundo e ouvir sempre a minha toda vez que preciso decidir as encruzilhadas que surgem no caminho.
E tenho também esperança, não, mais que isso…tenho fé e acredito que somos todos responsáveis e criadores do nosso destino, atraindo sonhos e enxergando o caminho que se desenha sob nossos pés.

Publicado em Sonhar, Uncategorized | Marcado com | 1 Comentário

Pegando fôlego…

Depois de uma luta, é preciso descanso para que as energias sejam repostas; é preciso de quietude para que se estude os golpes certeiros, mas também para que se apurem os erros e se possa com eles aprender uma lição; é preciso de sabedoria e paciência, afinal não é todo fracasso que significa derrota, fracassar faz parte do caminho para vitória; é preciso de persistência e coragem para tentar de novo, mais uma vez e sempre, jamais desistir é a chave para tudo que parece impossível; e, finalmente, é preciso de amor, pois é ele que inspira, que nos faz sonhar, lutar e nunca desistir daquilo que nos habita com tanta certeza e paixão. Por isso, não entristeça pelo tempo dado ao descanso e à reflexão, não se sinta enfraquecido por ter saído da luta, são as horas da calmaria que precedem as grandes tormentas, tire o proveito necessário para se preparar à altura daquilo que ainda está por vir.

Publicado em Acordar, Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Somos um

Já acreditei demais, já duvidei de tudo, é difícil explicar como a fé existia e depois como fugiu…mais curioso ainda é ver como ela veio renascendo toda amadurecida…
Hoje olho o mundo e percebo a força da natureza, mas muito mais que uma força qualquer física e científica, vejo uma força que é tudo isso, mas tambem uma força de significados e coincidências. Consigo ver claramente a inteligência por trás dos acasos. Sinto forte sua presença, mas sinto também muito intensamente nossa própria força interior que se conecta com essa força externa e causa transformações. Nascemos com o poder que precisamos para operar nossos próprios milagres…Parece difícil acreditar, mas estou sentada em uma posição de ver que eles acontecem…Nosso coração é munido de sentimentos e de uma força que naturalmente se conecta com essa força maior, é como se fossem uma coisa só… Essa união existe muito forte. Conseguimos facilmente sentir tudo isso, se formos quem somos de verdade, se nos permitirmos sentir aquilo que sentimos de verdade. Não há espaço para meio termo. Haverá união completa.
Publicado em Sonhar | Marcado com | Deixe um comentário

O renascer

O sol nascia novamente. Sorria em ver seu brilho mais uma vez, mas não me surpreendi, se o sol sempre vem, tinha mesmo que voltar a brilhar. Ainda que eu soubesse, o brilho tinha uma luminosidade mais que especial. O inverno torna qualquer raio solar mais que bem vindo e faz com que enxerguemos a importância do calor e da vida de volta pulsando em nós. Não há como deixar de sentir a gratidão escorrendo pelos meus olhos. E por que não se entregar a sentir de forma plena a alegria que chega a transbordar a alma?
Publicado em Sonhar | Marcado com | Deixe um comentário

A grama do outro é mesmo mais verde

Olhamos para grama do vizinho e invariavelmente ela é mais verde. Sua casa parece mais bonita. As árvores mais floridas. É uma coisa!
No final, é isso mesmo. Ela é mais verde para você, que, além de não conseguir enxergar a grama dele de perto, fica olhando para o lado, esquecendo de olhar para si mesmo, reconhecer suas vitórias, suas conquistas e todas as flores que estão ali bem na árvore do seu jardim, caindo no chão sem nem ter sido prestigiadas.
Olhar para o lado, amaldiçoar sua própria vida, desdenhar suas conquistas, e jurar de pé junto que era você quem merecia tudo e sempre e não o outro, é um hábito dos mais terríveis. Não por nada. A grama do vizinho não vai gorar só por que você ficou olhando feio. Não. O problema é que, ao fazer isso, é sua própria grama que vai morrendo. Essa raiva sentida e cultivada com devoção de se posar de vítima o tempo todo é como brasa quente, queima quem a segura mais tempo. É sua grama que vai queimar. Se ao invés de ficar ali, de olho no outro, pensando por que não aconteceu com você, usar essa energia para se alegrar pela conquista merecida, ainda que não seja sua (não é por que não é sua que não é merecida), para usar o exemplo de conquista do outro como uma possibilidade àquilo que não lhe parecia possível, para um incentivo ainda maior para você ter aquilo que quer e acredita… Ah se fizesse isso…a grama do seu jardim mudaria de cor instantaneamente. A mudança que precisa acontecer é dentro de você.
Publicado em Acordar | Marcado com | Deixe um comentário

Tudo e Nada

Ah… na vida é preciso tanto e não é preciso nada… Precisamos de força, precisamos de alegria, precisamos de amor e daquela vontade enlouquecida… Mas também se olharmos dentro da gente perceberemos que temos o pacote completo, tem mesmo tudo ali dentro de nós.
Saiba que existe uma energia muito forte dentro de você e seu coração sabe das respostas.
Dúvidas homéricas podem te incomodar, dores das mais terríveis, dilemas existenciais, mas tudo o que precisa é silêncio, conectar-se com si mesmo, desligar as vozes do mundo, olhar dentro do seu coração, ouvir as respostas e se lembrar que existe sempre o caminho do medo e do amor. Prefira sempre o último, pois é lá que seu coração vai sorrir….!
Publicado em Sonhar | Marcado com | Deixe um comentário

Para que saber o caminho?

Muitas vezes ficamos desesperados com o “como”… Como chegaremos lá? Como vou resolver essa questão? Como vou conseguir aquilo que tanto quero? Essa fixação pelo “como” geralmente não ajuda. Não é preciso enxergar a estrada inteira para encontrar o caminho. Geralmente enxergamos os próximos metros e é assim que tem que ser. A vida costuma se revelar por suas misteriosas coincidências, por suas surpresas maravilhosas, nos dando ainda muito mais do que aquilo que queríamos inicialmente… Para que querer acabar com os mistérios? Para que querer saber todo trajeto que irá percorrer? O desconhecido é sempre mais encantador. Confie que o caminho surgirá sob seus pés, mas que é preciso, mesmo no escuro, dar o primeiro passo.

Publicado em Sonhar | Marcado com | 2 Comentários

A ovelha e Deus

A ovelha e Deus

—Ai, meu Deus, é muita dor, muita dor, muita dor… Não sei se consigo aguentar!!! —gritava a ovelha desesperada.
O diabo, que estava tirando um cochilo, acordou assustando com tanta gritaria.
—Que foi, ovelha? Por que reclama tanto? —perguntou o diabo.
—Meu Deus, eu não entendo os desígnios do senhor. Por que aniquilou tantas ovelhas do rebanho.
O diabo bufou, lhe cansava tanta gente reclamando o tempo todo, nunca entendeu por que não faziam aquilo que queriam e pronto.
—Responda, meu bom Deus, responda!
—Você deu sorte. Estou com bom humor e isso é raro. Sou sádico.
—Como assim, Senhor? Como assim?
—Ora, eu preciso me divertir . Às vezes só um massacre pode acalmar meus ânimos.
—Que horror!
—Veja bem como fala. Eu posso tudo, se esqueceu? E você não pode nada.
—Claro, meu bom Deus, sou temente ao Senhor.
—Eu sei.
—Como sabe?
—Parte do horror é para que isso aconteça.
—Como assim?
—Precisam ser tementes a mim. Entendeu?
—Isso clarifica bem as coisas.
—Mais alguma coisa, dona ovelha? Eu estava dormindo.
—É que estou sofrendo muito.
—Eu sei.
—E o que tem a dizer, Senhor?
—Nada.
—Nada?
—Nadinha de nada.
—Não vai me consolar?
—E por quê?
—Por que estou sofrendo.
—E eu com isso? Quantas vezes preciso explicar que sou sádico e seu sofrimento até me entretém. Mas que chatice!
—Me desculpe…É que não entendo.
—Não é de se admirar. Poucos entendem.
—Entendem o quê?
—Não adianta…você não irá entender.
—Eu sou uma ovelha inteligente, me explique.
—Sorte sua, dona ovelha, que estou de bom humor. Todos sabem que a vida um dia acaba e ainda assim sofrem.
—É que é muita tristeza. Eu era apegada ao meu rebanho.
—As ovelhinhas estão aqui no céu, brincando comigo. Melhora saber disso?
—Estão mesmo?
—Se você acredita… quem poderá dizer que está errada, dona ovelha?
—Mas estão mesmo, Deus?
—Claro que sim —disse o diabo dando risada.
—Isso acalenta meu coração.
—Eu sei.
—Acreditar que tudo continua em algum lugar sempre e sempre.
—Eu sei.
—Pois é, aqui no céu todos brincam comigo o dia inteiro. E por que você teme a morte?
—Não sei…Besteira, não é?
O diabo gargalhou.
—Muita. Você já imaginou o que faria se soubesse que tudo termina mesmo?
—Acho que teria feito tudo diferente. Teria feito muito mais com o que tenho.
—O que, por exemplo?
—Ah, tudo. Certamente não estaria aqui nesse rebanho bobo e sem opinião.
—Pois é….
—Mas não temos força, não somos nada sem o Senhor. E o melhor é ficarmos aqui juntinhos.
—Isso mesmo —ria o diabo.
A ovelha ouviu a risada.
—Não é assim?
O diabo resolveu falar para aquela ovelha tagarela e curiosa.
—Não é. Claro que não!
—Como assim?
—Vocês têm o poder. Esqueceu da serpente que trouxe o conhecimento? Tá na bíblia.
—A serpente é má.
—Viu só? Não tem jeito de você entender.
—Tente de novo. Sou esforçada.
—Você tem mesmo muita sorte, dona ovelha. Estou bonzinho hoje. A serpente mentiu para Eva?
—Claro que sim.
—Por que ela mentia?
—Falou sobre abrir os olhos e conhecer o bem e o mal, como Deus, quer dizer o Senhor.
—Foi mentira?
—Não…?
—E quem mentiu que quem comesse a fruta da árvore do conhecimento morreria?
—Deus… quer dizer Você, desculpe, o Senhor.
—Pois é….
—Mas o que isso quer dizer?
—Eu sabia que não iria entender…
—Agora tem que falar!
—Não tenho nada.
—Tem sim!
—Você não percebe, ovelha boba, que vocês receberam o poder da serpente.
—Mas não somos nada sem o Senhor. Não podemos nada.
—E pensando assim, acabam não podendo mesmo.
—Mas você acha que eu posso?
—Todo seu rebanho morreu. Você pode recomeçar sua vida, ovelha. Fazer aquilo que quer de verdade. Já pensou nisso, dona ovelha?
—Mas eu quero seguir o caminho do Senhor.
—É… não tem jeito mesmo —suspirou o diabo sendo sincero — Poucos realmente entendem que têm o poder, que, de verdade, escolhem seus caminhos e que é aí está o verdadeiro livre-arbítrio.
—Mas o Senhor não quer que sigamos a palavra do Senhor, e sigamos sempre como um rebanho?
—É claro que é o que eu quero.
—Então eu não entendo…
—Eu sabia —disse o diabo. —Poucos estão acordados. Olha, me desculpe, dona ovelha, mas eu preciso ir, essa conversa tá muito chata. E com toda sinceridade, parece que falo com uma pedra.
—Mas o que será de mim, Senhor?
—Você quem decidirá.
—Mas eu quero saber do Senhor.
—Continue fazendo o que sempre fez.
—Tudo igual? Sempre? —A ovelha estava aliviada.
—Claro e terá tudo o que sempre teve.
—Obrigada, meu bom Deus.
—Agradeça ao Senhor.
O diabo riu e foi embora.

Publicado em Acordar | Marcado com | Deixe um comentário